Capitulo 20

Eu engasgo, meus olhos se arregalam de surpresa, minha boca fica aberta pra ele em consternação, – Casar? Hoje à noite? Mas…  sobre…? Minha mandíbula se fecha com o estalo dos meus dentes, seus olhos amáveis estão completamente apagados e está preste a ter uma tempestade furiosa neles. Cada pelo do meu corpo se arrepia conforme eu tremo, apesar do calor na sala. O comportamento de Christian foi de ártico para bem abaixo de zero. Oh merda, ele esta bravo! Eu o observo com medo, esta dando um nó no meu estomago, eu quero explicar, mas ele esta tão perigosamente perto de estourar. Sua voz grave é atada com desprezo. “O que sobre o que Anastasia?” – ele espera, pendendo sua cabeça de lado com um rápido e preciso movimento, suas costas ficam  rígidas e com uma imensa tensão. Isso é tão repentino e ele apenas estalou isso em mim. Se eu pudesse sair do seu colo e colocar alguma distancia entre nós, então clareava a minha cabeça, mas seu aperto firme que ia das minhas costas ate o meu pescoço, me comandava pra ficar.

Eu esqueci que ele precisa de controle, eu sei que eu preciso desarmar essa situação rapidamente, mas agora que estou aqui e muito presa para pensar direito.“Isso é… Ah.. repentino”. – sou grata ao ver que minha gaguejada, murmurada em resposta e o medo flagrante  que está nos meus olhos penetram sua raiva e eu obtenho um vislumbre da verdade por trás dele. Ele está machucado. Oh não!“Porque esperaríamos? Eu pensei que você soubesse o que queria. Não desperdiçamos tempo suficiente?” –  ele faz sua observação com raiva e amargura, desafiando.

Felizmente as minhas armas voltam para mim em uma corrida – afeto em defesa. Eu seguro seu rosto com as minhas duas mãos, passando meus polegares sobre a sombra de barba de suas bochechas. “Eu te amo e eu sei o que eu quero, mas há outras pessoas envolvidas, não podemos simplesmente fugir sem dizer nada a ninguém” – meus olhos procuram os seus, dando á ele cada garantia que possa reunir. “É tudo o que você está protestando?” – ele está olhando para mim através das pálpebras semicerradas, mas não totalmente convencido.”Sim é ” – eu declaro firmemente, apoiando isso com um beijo carinhoso em sua deliciosa boca. “Bom” – ele diz pensativo, “Então vamos para Vegas hoje à noite”– agora  ele esta usando um sorriso maroto, supremamente confiante novamente e agora há um brilho malicioso em seus olhos. “Mas…” – ele não escutou o que eu acabei de dizer? ”Quieta” – ele me corta, a finalidade de seu tom me lembrar de sua recente irritação. Seu dedo indicador pressiona contra meus lábios, a advertência clara em sua observação.“Você realmente pensa que eu faria arranjos como esse sem nossos mais próximos e queridos? ”.“Eu não entendo. O que quer dizer?” – minha testa franze, eu sei que escutei o que ele disse, mas a implicação é apenas muito para eu processar. “Nossos mais próximos e queridos só podem ser nossas famílias – certo?”.

Ele parece um pouco envergonhado quando seu olhar se afasta do meu. “ Na noite passada, quando estava á caminho daqui, eu tive que ligar para os meus pais para pedir para que cuidassem do Chris à noite, eu mencionei que se as coisas saíssem do meu jeito estaríamos casados até quarta-feira” . Parece que tirei uma conclusão precipitada. Minha mandíbula se afrouxa um pouco, de todas as suposições, ele poderia fazer qualquer coisa precipitada, eu estou desesperada para saber qual foi a reação deles, mas uma questão ainda maior surge em primeiro plano. “E meus pais?” – é um suspiro falado com pânico e trepidação, mal empurrado pela minha garganta apertada. “Eu não liguei para eles noite passada”. – sua voz é baixa e sua atenção esta comigo mais uma vez. Sinto meu corpo inteiro ficar mole com alivio, ufa! Depois de uma batida ele continua, “Eu liguei para eles esta manhã”. Desta vez ele me deixa pular de seu colo para ter meu brando ataque de pânico. “Porque você faria isso? Ray está tão bravo comigo, minha mãe só esta indo em condições com o que eu fiz. Eles não estão prontos para um casamento! O que eles disseram? O que você disse á eles?” – as perguntas viajam da minha língua, se atropelando para serem respondidas. Meu filtro cérebro-boca, junto com meu doce pós-coito maravilhoso desapareceram completamente, sumiram. Meus punhos estão cerrados ao lado do meu corpo e ao mesmo tempo em que a mandíbula de Christian, eu posso ver, está apertada em irritação e contraindo os músculos das suas bochechas. Encaramos furiosos um ao outro, olhos perfurados e nublados com ira mútua.

Sua resposta é firme, indicando o nível de autocontrole necessário para mantê-lo tranquilo.“ Se você se acalmasse por apenas um segundo poderíamos conversar sobre isso como pessoas civilizadas. Não pense que eu não colocarei você em meus joelhos se eu tiver que por e confie em mim quando digo que não vai ser bonito”. Sua ameaça faz duas coisas para mim – primeiro  isso me deixa completamente atordoada e em segundo lugar devassa – molhada com a necessidade para ele e sua mão que coça. O que diabos há de errado comigo? Por razões óbvias, eu estou determinada a evitar mostrar a ele a última reação, especialmente à luz de sua confissão recente. Só espero que meu rubor escarlate seja entendido como raiva. “Eu estou calma” – grito mostrando que eu não estou –  ” e você não se atreveria!” Minha mão voa para o meu peito, juntando a gola do meu roupão em uma tentativa vã de provar a minha confiança. Mas, infelizmente, ele me conhece muito bem, Christian rouba o meu fôlego. Ele se levanta e vem caminhando até mim, seus olhos extremamente quentes, sua voz melosa de correr sinuosamente através de meu corpo, enviando um pulso selvagem. “Francamente, foi uma venda fácil, eu estava surpreso mesmo, mas então,” ele me olha com um olhar aguçado, “talvez eles saibam o que é melhor para nós e para Chris.” Ele desenrola meus dedos agarrados em meu roupão, nunca tirando seus olhos dos meus. Maldito seja, o corpo traiçoeiro! De que lado você está? “Eles concordaram?” Eu pretendo parecer incrédula, mas acaba como rude – novamente dando livremente o que eu estou tentando tão arduamente esconder. Eu engulo agressivamente contra o desejo crescente, empurrando a minha mente para reformular os meus pensamentos para que eu possa me concentrar. Eu tinha tantas perguntas, onde estão elas agora?.

Eu mordo na curva do meu lábio inchado e ele faz um barulho estrondoso profundo em sua garganta. Ele vai descendo a sua cabeça, beliscando os meus lábios do aperto de meus dentes antes de pressionar um beijo firme na minha boca assustada. Suas mãos têm trabalhado no caminho do meu robe e eu as senti deslizando sobre meus ombros enquanto ele empurra de volta, abrindo as lapelas. Oh não, você não! Apesar do meu estado recém atordoada, eu ainda quero respostas e ainda há a questão de seus pais pensando que Christian fez a caminhada e não eu. Eu dou um passo para trás, mas ele simplesmente dá um passo adiante – uma perversa fome brilha nas profundezas do seu olhar. Meu peito está quase completamente exposto, as bordas apenas cobrindo os meus mamilos e quando ele mergulha os olhos para um olhar longo e duro não há dúvidas sobre sua intenção carnal. Eu limpo minha garganta e injeto um pouco de autoridade em meu tom para mostrar a ele o que quero dizer, então repito minha pergunta. “O que eles disseram?”-“Você está tão excitada Anastasia isso está me deixando louco. Você realmente quer falar sobre isso agora? “Ele olha para si mesmo, um sorriso torto exibindo seu orgulho de mais uma ereção esperando – cutucando impetuosamente nas dobras de seu roupão. Eu endireito a frente do meu roupão e fecho o cinto. “Sim.” Ele parece embargado e falso, ele está certo, eu estou muito excitada.

Sua expressão incrédula é seguida por um beicinho sexy, mas ele cede, “eles disseram que estavam felizes que nós arrumamos nossa merda. Eles me pediram para adiar o casamento e eu recusei, explicando que eu não queria perder mais tempo e, em seguida, eles concordaram em ir ao casamento”. Ele dá de ombros, olhando para a minha reação. “Só isso?” Eu não posso acreditar que ele encantou minha mãe e especialmente Ray para isso. “Praticamente.” Ele retoma seu olhar aquecido e começa uma trilha de beijos ao longo da minha mandíbula, avançando no meu pescoço. Eles formigam na minha pele e eu tenho que lutar para ficar focada. “E quanto a seus pais?”. Ele para e  levanta a cabeça, eu vejo um flash de algo em seu olhar escuro que eu não tenho certeza do que é. Eu não quero que ele fique bravo, mas eu me recuso a casar com isto pairando sobre mim. Seria muito pior se eles descobrirem depois que nos casarmos. “Não há nada para contar, eles sabem o que tem sido para mim nestes últimos cinco anos, eu acho que eles se sentem aliviados.” Uma linha teimosa estabeleceu em sua boca, ele parece conciso e cansado.

Estou hesitante para confrontá-lo sobre este assunto, eu já posso ver que ele vai cavar seus calcanhares nisso e independentemente disso, eu empurro “mas há algo a dizer não há Christian?” minha voz está carregada com relutância. Ele balança a cabeça – muito lentamente, um aviso silencioso que não poderia ter sido mais claro se ele gritasse para mim. O calor subindo em meu rosto me faz murchar sob o olhar de granito e a linha teimosa de seus lábios virou para baixou – Cinquenta tons não está satisfeito. Eu reúno cada grama de minha vontade, seria tão fácil, basta aceitá-lo e nunca falar sobre isso novamente – tomar o presente que ele obviamente quer me dar e espero que a verdade nunca venha à tona, mas eu não quero arriscar a possível precipitação. Tomo suas mãos nas minhas e sob as circunstâncias, eu sou grata por ele me deixar. A adrenalina vai subindo pela minha barriga, eu fiquei friamente sóbria – como uma cabeça organizada. “Eu não posso me casar com você sem dizer a seus pais a verdade. Eu sei que você mentiu para me proteger, que você lhes disse que você foi o único que me deixou “.

Seus traços permanecem perto pedregoso e remoto, “Eu só repeti sua mentira.” Ele fecha os olhos e esfrega a mão sobre o rosto, e em seguida, a desliza através de seu cabelo. “Deixa pra lá Anastasia. O que isso importa? “, ele desliza a outra mão livre a minha espera e cruza os braços sobre o peito, na defensiva. No começo eu estou presa em seu tom de voz,  que cheira a desolação – como se ele perdeu seu espírito de luta e que seria chocante o suficiente, se eu não registrasse a primeira parte da sua declaração … Porra! Ele sabe o que eu disse aos meus pais e José quando saí, ele sabe o que eu disse para comprar a sua cooperação e seu silêncio. Meu coração acelera, então gagueja e minha respiração sai fora. O sangue aquecendo meu rosto substituído por gelo tão frio que parece que queima. “Como você …” Sua carranca, juntamente com o toque sarcástico de sua boca diz “vamos lá”, mas a pergunta nos meus olhos persiste, então ele finalmente me responde: “Eu imaginei isso. De que outra forma você poderia levá-los a desligar-me desse jeito? ” Inteligente demais para seu próprio bem, merda! Eu ia dizer a ele, eu só estava esperando o momento certo e como eu acho que eu percebo o quão vazio parece. Estúpida! Agora é tarde demais – é um golpe baixo do meu subconsciente. Christian vê minha reação e me pega pouco antes das manchas pretas que apareceram dançando diante dos meus olhos, tornarem-se escuridão total, meus joelhos se dobram e meus ouvidos estalam fazendo tudo parecer muito distante. “Respire Anastasia!”

Suas palavras me trazem de volta e eu engulo ar como se estivesse me afogando. Quando o meu cérebro está saturado com oxigênio novamente ele me deita no sofá e dá passos largos até a cozinha para pegar um copo de água. No caminho de volta seu rosto é uma máscara de preocupação e determinação. Tomo a água com gratidão, carinhosamente voltando para mim e para resolver, como duas manchas vermelhas brilhantes de constrangimento no alto de minhas bochechas. Eu não posso acreditar que eu quase desmaiei, eu estou além de aborrecida comigo mesma. Ele afunda no chão ao meu lado e escova meu cabelo longe do meu rosto. Seus olhos grandes, marcados pelo susto que ele tomou. “Você está bem?” Eu balancei minha cabeça, eu sei que meu olhar deve estar maçante enquanto remorso me enche – pegajoso, abafado, sufocante. “Sinto muito, eu não sabia mais o que fazer.”

“É por isso que eu não falei, não temos passado suficiente? Nós só podemos passar por cima disto tantas vezes e, tanto quanto meus pais estão preocupados “, ele deixa cair seus olhos, puxando os ombros para cima,” Eu sabia que você estava nervosa sobre vê-los novamente e quando aquele artigo de paparazzi apareceu no Miami Herald, forçando a mão, eu fiz o que eu achava que era melhor para nós. ” Ele levanta a cabeça e trava no meu olhar, seus olhos são brilhantes e sincero. “Eu não ia deixar nada ficar no nosso caminho novamente, mesmo que eu ainda não estava pronto para admitir que eu queria você de volta.” Eu amo que ele tomou uma decisão consciente de tentar me ajudar, para suavizar o caminho com os seus pais, mas simplesmente não existe maneira de deixá-los continuar acreditando nessa mentira. “Oh Christian, eu te amo.” Eu deslizo para fora do sofá e para o colo dele para abraçá-lo. Uma mão toma seu cabelo e aperto a sua cabeça em meu pescoço e a outra mão em âncora ele coloca ao redor de minha cintura. Eu o escuto expirar, como se ele estivesse aliviado, antes que ele retribua e esmague meu corpo ao dele. “Obrigada por sempre pensar mim e no que eu poderia precisar, mas você sabe que eu não posso deixá-los continuar a pensar que você me deixou por causa de Chris”. Eu quebro o nosso abraço para buscar o seu rosto “não é a coisa certa a fazer e eu fiz bastante disso “.

Por um momento, parece que ele está vai argumentar, mas depois se arrepende, seus olhos suavizando enquanto sua irritação diminui. “Você nunca deixa de me surpreender, um momento você está tão vulnerável e no próximo tão corajosa”. Seu silencioso tom assombrado, surpreende a mim e eu olho para baixo, de repente tímida. Meu rubor subindo e o sorriso tímido evidência de como suas palavras me comoveram. Ele levanta a minha cabeça com uma mão exigente pegando no meu cabelo, “eu amo esse rubor, não esconde isso de mim”. O movimento é forte, insinuando o Dominante Christian e enviando meus neurônios a disparar em todas as direções, a minha pele picando com a consciência dele. Minha boca se abre para um suspiro involuntário, mas os seus lábios exuberantes param a sua fuga enquanto sua boca quente molda a minha. Ele aumenta rapidamente, como um incêndio estimulado por um vento quente que cresce ferozmente, queimando cada pensamento e reserva afastado até que somos apenas bocas e mãos e gemidos de prazer. Se eu já estava indo gozar com apenas um beijo, seria esse.

Uma batida rápida na porta nos faz saltar separados, ofegante com os lábios inchados e pulsos acelerados. “Sem mais discussão”. Christian resmunga rouco aumentando o insistente tremor entre minhas pernas. Tudo o que posso fazer é encarar com os meus olhos arregalados Eu aceno com a conformidade – meu corpo desolado no contato quebrado. Ele me levanta de seu colo e fica em pé, seus movimentos estilo atlético – é um flagrante, lembrete visual do quão bem ele pode aplicar esse corpo deslumbrante. “Vegas. Esta noite ou eu vou fazer você colocar “obedecer” em seus votos de casamento. “Ele resmunga me passando um olhar severo antes que ele  pasasse para abrir a porta. Eu não tenho nenhuma dúvida de que se ele pudesse me obrigar a fazer exatamente isso, especialmente se ele vai continuar a torturar-me com beijos como esse, ele faria. Um momento depois, ainda dominada e esperando por meus hormônios se estabelecerem eu ouço a saudação reservada de Taylor, “Senhorita Steele.” Eu ainda estou sentada no chão e tenho que olhar para cima para ver ele, “Oi Taylor.” Meu sorriso congela em meus lábios quando eu o vejo deixar cair sua cabeça, assim ele não pode encontrar meu olhar. Sei que ele está com raiva de mim, mas isso é simplesmente rude! Eu olho para Christian, surpreendida pelo súbito interesse de Taylor em seus sapatos, mas ele está vestindo uma careta irritada, olhos colados ao meu peito. Quando eu olho para baixo, ainda confusa, a razão se torna aparente. Meu roupão está perigosamente aberto, as lapelas apenas cobrindo minha modéstia. Mmhhh, isso será o Sr. Sexpertise com as suas inteligentes, mãos sorrateiras …. “Ah!” Minhas mãos reúnem o pano frisado e arrasto as dobras sobre os meus seios de forma agressiva. “Desculpe,” eu murmuro, meu rosto em chamas. Agora eu não conseguia olhar nos olhos dele mesmo se eu quisesse.

Christian coloca, uma mochila da marca da moda no sofá “Taylor trouxe-lhe algo para vestir. Prepare-se, vamos sair logo”. Ele não espera pela minha resposta e segue Taylor para o escritório e fecha a porta. Ah, sim, eu não tenho nada para vestir. Memórias de Christian rasgando o meu vestido vermelho inundam minha mente e eu aperto minhas coxas juntas, esperando expulsar a dor persistente. Espero que ele não esteja bravo, não é minha culpa se ele me deixa pendurada assim, como é que uma menina se concentra? Eu me empurro para cima e vou para o banheiro, mas enquanto caminho pelo escritório ouço Christian, ele está obviamente furioso. “Como diabos isso aconteceu?” sua pergunta é pontuada pelo o que eu assumo ser seu punho batendo na mesa. Eu paro e ouço atentamente a resposta de Taylor, mas eu não consigo ouvir nada. “Resolva isso!” Eu só posso vê-lo passando as mãos pelo seu cabelo rebelde. “Porra!” Estou aliviada que isso não é claramente sobre mim, mas se não é, então tem que ser um novo desenvolvimento na nossa situação. Christian não perde a calma assim sem motivo, as únicas coisas deixam ele assim tão bravo sou eu e alguém ameaçando seus entes queridos. “Sim, em uma hora”. Seu tom é mais comedido e agora eu percebo que a conversa está chegando ao fim. Eu correr rapidamente para a segurança do banheiro, mas uma gota fria de desconforto começou a mastigar a minha consciência.

Eu escovo os dentes e deslizo para o chuveiro, não demora muito para a água em cascata me relaxar e, assim quando eu termino de me ensaboar, ouço o clique suave da porta do chuveiro atrás de mim.Os braços de Christian enrolam ao redor de mim, minhas costas à sua frente e ele enterra seu nariz no meu cabelo molhado. “Eu posso ver você fazer isso o dia todo.” Suas mãos começam a flutuar sobre as minhas curvas escorregadias. Eu coloco minha cabeça para trás, no ombro dele: “Você está bem?”. Mais do que qualquer coisa que eu espero que ele vai ser honesto e não me fechar para fora. Ele endurece e eu explico: “Eu ouvi você gritar com Taylor.”- “Nós vamos conversar mais tarde, eu prometo, mas agora eu quero me perder em você.” É tudo que eu preciso para sentir as mãos vagueando e sua ereção cutucando contra meu traseiro. Ok, talvez há algo que eu quero mais … Quando eu viro eu encontro o seu olhar escaldante, observando suas mãos deslizar em meu corpo liso. Eu alcanço o gel de banho e esguicho uma grande dose na minha mão para que eu possa retribuir. Eu começo em círculos lentos em seu peito, apreciando minhas mãos patinando suavemente sobre seu peitoral firme antes de ir para baixo, para seus músculos abdominais definidos. Eu acho que ele pode ver que eu estou em uma missão própria, porque suas mãos despencam e eu escuto ele assobiar, muito preso, e ele dá a si mesmo para mim. Eu tiro o máximo proveito e o empurro contra os azulejos frios. Minhas mãos trabalham firmemente contra ele, arrastando-se muito lentamente. Eu me concentro nos musculos sensuais ao lado de seus quadris, e em seguida suas coxas, onde posso realmente sentir o aço em seus músculos tensos. Uau, isso é tão quente! Eu não posso acreditar que o Sr. Über Controle (Sobre o controle) está me deixando fazer isso. Minha deusa interior está fora de si de alegria. Minhas mãos e dedos deslizam e escorregam em todos os lugares, exceto onde eu sei que ele quer que eu o toque e eu adoro o ouvir gemer e sugar sua respiração enquanto eu encontro os lugares que o deixam selvagem. De vez em quando eu pego sua ereção se contraindo brutalmente, como se a pedir-me para tocá-lo. Os olhos estão fechados e posso dizer que ele está completamente imerso nas sensações. Meu coração incha com a visão quando percebo o quanto ele deve confiar em mim para me permitir fazer isso com ele. Meu controle desmorona, enquanto a minha necessidade por ele ultrapassa os meus planos de sedução e eu caio de joelhos. Ele não vê isso chegando e  rasga um grunhido cru e grutal da sua garganta.

Eu posso sentir seu corpo sacudir como se ele tivesse recebido uma carga de eletricidade, suas mãos em punho meu cabelo, segurando minha boca quente em direção a ele. “Porra, eu não vou aguentar baby.” Suas palavras roucas atingiram meu coração tão forte quanto bate no meu sexo. Estou muito feliz com a sua exibição de confiança e cheia de desejo dissolvenso o meu  controle. Quase fora de mim eu empurrei mais forte e mais profundo, um segundo depois engolindo o resultado viscoso do seu prazer enquanto ele estremece em minha boca. Ele mostra sua apreciação e me arrasta para cima e força a sua língua em minha boca. Seu beijo é agressivo e faminto e é a minha vez de ser empurrada contra a parede. Uma mão encontra o meu seio, apertando e amassando, a outra corre bruscamente pelo meu corpo. Nós suspiramos na boca um do outro, quando ele afunda facilmente um frenético dedo em mim. É logo acompanhado por um companheiro e ele coloca para a frente, como se para se juntar o polegar pressionando meu clitóris.Minhas unhas cavam a carne úmida de suas costas enquanto eu convulsiono com as investidas agudas, a sensação é intensa e o suficiente para me jogar direto para uma trepidação, alma sendo lançada quebrando. Nossa respiração está difícil ele descansa sua testa contra a minha, suas mãos pegam do lado do meu rosto, mas meu corpo parecendo uma gelatina ainda é fraco demais para segurá-lo. “Ana”, ele respira – é quase triste, ele está dominado com emoção tão forte que não tem palavras para descrever. Eu sei disso porque eu sinto isso também. Porra! Eu sorrio e balanço minha cabeça, o nosso incrível momento compartilhado, bem como o fato de que ele claramente quer a segunda rodada. Ele sorri quando vê a minha reação, erguendo as sobrancelhas sugestivamente para mim. “Eu nunca me canso de você.” Eu sorrio de volta, feliz que ele está feliz, mas sem ter certeza se eu posso administrar outro turbilhão com o Sr. Insaciável.Ele ri e me beija docemente. “Por mais que eu não tenha escrúpulos em fazer você gozar outra vez nós não temos tempo. Nosso avião sai em 40 minutos”. Ele me vira pelos ombros e esmaga minha bunda divertidamente quando eu saio do chuveiro. “Se apresse”.

Nós nos vestimos e eu seco meu cabelo. Christian embala rapidamente nossas coisas de volta na mochila e quando ele tem certeza de que eu estou vendo, faz um grande show de deixar cair o vestido vermelho rasgado no lixo. Ele faz um gesto satisfeito de “está feito”, escovando as mãos antes de me recompensar com seu sorriso pleno. Eu só posso rir. Em uma passada rápida ele está ao meu lado e pega a minha mão, dobrando-a em suas grandes mãos, “Eu não posso esperar para chamar você de Sra. Grey novamente”. Ele beija as costas das minhas mãos e eu me derreto, ele é tão flutuante, seu entusiasmo contagiante e eu me sinto muito animada sobre o nosso casamento. Eu sei que o que quer que ele tenha planejado vai ser especial, mas eu estou queimando com curiosidade. “Nem eu”. Depois de uma piscada e um sorriso para mim, ele me leva para fora da suíte. No elevador nós olhamos um para o outro como idiotas, que me faz rir e ele me puxa para mais perto, me colocando debaixo do braço. Taylor está esperando na calçada, seus olhos estão distantes com a tensão e a linha de seus ombros rígidos. Ele abre a porta e eu aceno brevemente antes de abaixar, ainda envergonhada com o meu estado anterior de se despir. Saúdo Brandon que ocupa o banco do passageiro da frente. “Sr. Grey, Senhorita Steele”, ele acena com a cabeça para trás e eu imediatamente sinto a mesma tensão ondulando fora dele. Taylor se afasta do meio-fio e o Audi desliza facilmente na pista. Christian da um aperto firme na minha mão, mas eu já posso senti-lo deslizar para longe de mim, agora que nossa bolha de amor está estourada. Ele está olhando através da janela, perdido em seu próprio mundo. Estou determinada a não ser deixada no escuro e algo está definitivamente acontecendo. “O que está acontecendo Christian?” Ele olha para nossas mãos unidas e depois para mim, “Eu realmente não quero te dizer, eu não quero que você se preocupe.” Seu polegar está escovando pra frente e para trás sobre a minha pele. “Eu entendo, mas eu não vou ser excluída assim novamente. Isso me faz fazer coisas estúpidas, porque eu não sei o que realmente está acontecendo. ” Ele suspira, batendo o punho frustrado na porta antes de falar: “tivemos outro incidente.” Ele parece mais velho quando o peso total da situação recai sobre ele: “Se algo vier a acontecer com você ou Chris …” Eu osinto tremer com seus próprios pensamentos escuros. Ele ainda está relutante em me dizer, mas eu não estou recuando, especialmente agora que eu posso ver como isso está afetando ele. “O que aconteceu?”

“Brandon, passe a pasta ?” Ele se inclina para a frente, entre os dois bancos da frente e Brandon lhe entrega uma pasta de documentos. Ele toma e espalha em seu colo. Ele me entrega uma folha de papel que se parece com um recorte de jornal. Antes de eu pegá-la eu encontro seu olho, foi-se o brincalhão, amoroso Cinqüenta tons – as barreiras estão bem e verdadeiramente levantadas, barradas com uma medida extra de aço. Meu olhar oscila para a página e reconhecimento é a primeira coisa que alvorece. Parece exatamente como as fotos que eu encontrei no armário de Christian, quando eu fui em busca de sua gravata cinza prateada. A imagem é granulada, mas é definitivamente retirado de dentro da sala de jogos de Christian. Por causa do ângulo é impossível dizer com certeza quem é o homem, mas eu conheço a sua forma em qualquer lugar – não há nenhuma dúvida em minha mente que é Christian. A mulher está nua, curvada sobre o braço do banco de chicotadas, mãos amarradas atrás das costas e olhos cobertos com uma máscara. Na boca está uma bola-mordaça. Mesmo se você a conhecesse você seria duramente pressionado para reconhecê-la. Você pode fazer as linhas de raiva em suas nádegas e uma outra no caminho como o braço de Christian está capturado na foto, segurando uma bengala fina, atraído de volta para o próximo golpe.

Meu coração está tamborilando em um ritmo frenético, subiu um gelo em minha espinha e a ansiedade esta me torturando, a imagem realmente falam mais que mil palavras. Só então posso varrer os meus olhos sobre o restante da página, a foto é tão confrontando que eu perdi a escrita embaixo, mesmo que o título agora me tem pela garganta:

As muitas faces do Christian Grey: anjo do planeta ou demônio escuro?

O príncipe verde parece ter um lado sombrio. Empresário multimilionário e magnata Christian Grey valoriza sua privacidade mais do que a maioria das coisas. Uma frase que ele repetiu em muitas ocasiões, e agora sabemos o porquê. Nossas fontes nos dizem que a cabeça que lidera o movimento industrial verde nos EUA têm uma boa razão para proteger a sua privacidade, parece que seus gostos pessoais, torcidos são ainda mais profundos do que os seus bolsos. Talvez por isso sua esposa correu na primeira oportunidade que teve.

Primeira notícia subterrâneo – nós dizemos como ela é

Eu posso ver porque ele está preocupado.

 

Please, feel free to leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s