Capitulo 3

Aspiro ansiosamente  uma grande lufada das profundezas dos meus pulmões enquanto eu caminho fora do hotel. Uau, isso foi intenso. Minha deusa interior e meu subconsciente estão balançando a cabeça em concordância, por uma vez, não discutindo um com o outro. Eu chamo um táxi e mergulho no banco em busca de alguns momentos sozinha. Eu acho que ele vai levar cerca de 20 minutos ou mais para voltar para o hotel , então mando uma mensagem de texto pra minha mãe, só pra que ela saiba que eu sobrevivi.

*Estou OK, a meu caminho *
Ao olhar pela janela tentando processar o rumo inesperado de hoje, eu me tornei ciente da canção no rádio na cabine. É uma cançao da Adele Rolling in the Deep. Como a cançao em mente eu penso – “Nós poderíamos ter tido tudo …”
A lenta fermentação na consciência concentra minha atenção em uma nova ansiedade que aparece na minha frente. Eu vou ter que dizer a minha mãe e a Ray o que eu fiz. Que eu menti sobre o porquê de eu deixei Christian. Toda a verdade nua e crua é que vai sair. Eu me contorço com a perspectiva desagradável. Eu não só estraguei meu casamento, como tambem levei meu filho para longe do pai. Eu suspiro, enquanto as lágrimas frescas da primavera brotam em meusolhos, a minha mão apertada sobre a minha boca. Estúpida, garota estúpida! Parece que ele me queria, afinal.
Quando eu chego no hotel, eu ando pelo saguão arrastando meu coração pesado atrás de mim. Dirijo-me quando ouço meu nome sendo chamado e encontro um dos membros da equipe uniformizados caminhando em minha direção, com o braço balançando no ar para chamar minha atenção.
– Sta Steele, eu estou feliz que eu encontrei você. Seu quarto foi atualizado -ela toma  um pouco de fôlego correndo atrás de mim e seu crachá denominado-a como Tiffany..
– Uh, eu não lembro ter solicitado uma atualização, eu tenho certeza que houve um erro – eu digo franzindo a testa enquanto eu balanço minha cabeça. Na verdade, eu tive muita sorte de encontrar este quarto em promoção fora de época , em primeiro lugar, eu nunca poderia pagar um lugar como este no preço cheio. Não é bem o padrão de Christian, mas é bastante agradável.
Espere, espere um minuto! Meus pensamentos dispersos correm juntos para a realização: Christian! Quão rapidamente eu esqueci o Sr. Eu-posso-mover-o-mundo e sua influência indevida. Mas isso faz o que? So  meia hora desde que eu deixei o hotel. Esta deve ser uma coincidência, é apenas uma confusao, eu penso deixando escapar um suspiro de alívio.
– Nenhum erro Sta Steele – ela está agitando seus cachos saltitantes a sério – Essa ordem veio direto do nosso gerente nacional. Atualização para a nossa melhor suite para Sta Anastasia Steele e companhia, todos os encargos serão faturados na conta das Empresas Grey.  – Tiffany confirma sua em seu caderno. Ela sorri um sorriso radiante para mim, claramente pensando que eu sou uma garota de sorte.
Não é uma confusao então.
– Ok, então – não ia adiantar discutir com ela, ela está apenas fazendo seu trabalho. – Em que andar? – meu tom é cansado, aceitando o meu destino. Eu não sei como me sinto sobre isso. Principalmente irritada que ele fez isso sem me consultar, mas ao mesmo tempo eu sinto …. lisonjeada. Talvez seja só por causa de seu filho, obviamente querendo o melhor para ele. Pelo menos isso é algo que temos em comum. Eu me pergunto se ele é a única razão que eu caminhe pelo corredor com  novo cartão-chave atualizado em mãos, contando portas.
Eu me atrapalho um pouco com o sistema de caça-níqueis e cartão, mas a porta se abre e minha mãe vem limitando-se a mim. – Você está bem é querida? – sua voz é rouca, com preocupação, ela leva  mãos em ambos os lados do meu rosto.
Tal gesto maternal, eu acho, que eu vou sofrer um espasmo de medo sobre a notícia de que estou prestes a compartilhar. – Claro mãe, eu estou bem.- eu tento acalmá-la, mas não há muito que eu possa esconder dela sob tal exame minucioso. Ela acena com a cabeça, mas a preocupação continua, gravada em seu rosto adorável. Ela se move para o lado e me deixa em me observar e apreciar a nova suite. Uau, eu ficaria encantada em circunstâncias diferentes. Ela segue meu olhar para admirar e sorri timidamente em resposta.
– É muito legal – ela respira e ela pega a minha mão me puxando mais para a área de estar espaçosa.
Permito-me a ficar animado enquanto e eu olho ao redor. A primeira coisa que eu vejo é uma cozinha aberta  que parece ter todos os utensilios possiveis, em seguida, um salão moderno, com um tapete de área contemporânea e sobre sofás de pelúcia que parece super convidativos. Há também uma bela sala de jantar com vista para o jardim do hotel e da cidade além. As luzes da noite vibrante já piscando no escuro através da parede de vidro. É impressionante.
Eu me movo através de três quartos, cada um com seu próprio banheiro luxuoso. Encontro Chris dormindo pacificamente no terceiro quarto e eu não posso resistir a passar a mão em seus cabelos – o meu menino precioso. Estou consciente da minha culpa beliscando meu coração enquant eu olho para ele. Enquanto eu suavemente fecho a porta eu chamo a atenção da minha mãe e é claro que ela está achando muito difícil de conter sua alegria. Eu sei que ela não está acostumado a esse tipo de opulência. Sua alegria é contagiante e se espalha como um sorriso em meu rosto, ela sufoca um riso com a mão. Ele me faz  rir junto, como duas meninininhas de escola.

Eu me sinto um pouco mais leve com nosso ataque de riso e diminuo a distância entre nós para dar-lhe um abraço apertado. Eu sou tão grata que ela está aqui comigo, alguém para me apoiar através desta loucura particular. Só espero que ela não fique com raiva de mim …
– Como é que ele se comportou? – eu pergunto, referindo-me a Chris e suas ocasionais travessuras noturnas quando se trata de sua rotina de dormir.
– Ele adormeceu no outro quarto logo após o banho. Eu acho que ele estava exausto, pequeno tigre – ela sorri com carinho. – Meia hora depois o gerente do hotel estava na porta me contando sobre a atualização e pra eu não me preocupar com a mudança, que eles fariam a equipe foi ótima.
Ela faz uma pausa apenas para tomar um fôlego. – Eles embalaram tudo e, em seguida, um dos rapazes pegou e  trouxe tudo até aqui .Eu trouxe Chris no colo e o coloquei aqui, acho  que ele sabe que ele foi movido.- ela ri – Ele vai ter uma grande surpresa amanhã de manhã! – Ela já está ansiosa para esse momento. – Tudo somado, levou apenas cerca de quinze minutos, eles são muito eficiente! – não há temor em seu tom impressionado.
– Só não é melhor que Sr. Grey – o tom sarcástic a arrasta para longe de sua diversão,uma  iluminação de desconforto em seus olhos bondosos.
– Oh querida, por favor me diga o que está acontecendo! Eu me sinto tão confusa – ela torce as mãos nervosamente na frente de seu peito. – Eu te amo tanto e eu só quero o que é melhor para você, mas você tem sido tão infeliz – por tanto tempo. Eu não sei se eu deveria estar feliz ou chateada – seus olhos são ansiosos na minha busca de respostas. Ela pega a minha mão na sua, apertando suavemente. – Depois do que ele fez com você, com Chris, eu não sei o que pensar dele. Ele sempre me pareceu um cara tão sólido, mas ….. – suas palavras são engolidas pela triste memória  de sua filha  grávida e com o coração partido.
– Mãe, eu tenho que lhe dizer algumas coisas.- eu a observo com cuidado, avaliando a reação dela e suprimindo a vontade de explodir em soluços novamente. – Algumas coisas que eu preciso tirar do meu peito.- eu elaboro e empurro os meus dedos com os dela, entrelaçando-os enquanto sua expressão fica ansiosa – Mas, tenho coisas a fazer primeiro. Por favor, deixe-me ver o meu e-mail que confirme a minha nomeação para a segunda-feira e, em seguida, eu adoraria um banho rápido, apenas para relaxar e colocar minha cabeça em linha reta. Será que pode ser?
– Isso é bom querida.- ela está ansiosa agora. – Posso te fazer uma coisinha para comer? Temos uma cesta de guloseimas toda aqui – ela aponta para uma cesta de frutas, queijo, chocolate e vinho magnífico sobre a mesa baixa de café pendurada que eu nem tinha notado até agora. Sem dúvida, também com os cumprimentos do Sr. Grey.
– Isso seria ótimo mãe, apenas algo leve – eu não acho que a minha barriga sensível podia ficar aguentar pesado agora. – Por que você não abre o vinho para a gente? Dou-lhe um sorriso esperando para colocá-la à vontade. Ela vai se sentir melhor se ela tiver algo pra fazer, eu sei porque eu sou uma mãe muito ansiosa.
Eu vou em busca do meu laptop e e a chamo por cima do ombro -ual é o meu quarto?
– O grande amor, você me conhece, eu não preciso de muito. – ela responde da cozinha enquanto desenrollha o vinho.
Tão doce, minha mãe, eu abro a porta do grande quarto. Coloco o laptop em uma mesa pequena de estudo no canto. Eu me sento em uma cadeira ergonômica  Oohh, yay! Uma conexão de internet super-rápida, Wi-Fi! Obrigado Christian! Ultimamente eu tento encontrar a alegria nas pequenas coisas.
Você tem que começar em algum lugar, meu subconsciente da um soco no ar.
Eu clico no meu ícone do e-mail e saboreio a ligeira aceleração do meu coração. Essa possível entrevista para segunda-feira pode mudar o meu mundo para sempre e eu estou ansiosa para verificar que as medidas foram confirmados.
Oh-uh! Meus olhos são desviados e a minha entrevista na Segunda-feira é temporariamente esquecida, porque eu tenho um e-mail de Christian! Como ele conseguiu? …
Eu começo a especular mas tcharaaam sou interrompida pela logica. É claro que ele tem o meu e-mail , ele tem o seu número e sabe que hotel você está hospedado! Eu tenho que admitir o ponto. Hacker!

De: Christian Grey
Assunto: A sua suite
Data: 15 de outubro de 2016 19:20
Para: Anastasia Steele

Anastasia

Tomei a liberdade de atualizar o seu quarto, e me lembro suas reservas anteriores sobre estes gestos. Mas como você agora é a mãe do meu filho, eu não vou aceitar os argumentos em relação a este assunto.

Estarei disponível para um encontro com você amanhã. Por favor, deixe-me saber que horas você poderia. Podemos nos encontrar no meu hotel novamente e eu vou mandar um carro para você.

Christian Grey
CEO, Grey Empresas Holdings Inc.

Oh. Meu. Santo. Cristo! Eu não tenho nenhuma idéia do que pensar no tom de seu e-mail. Como sempre é formal, mas que ele quer, para minha própria surpresa, me ver. Em seu quarto ou em algum lugar público? Pergunto-me, a minha imaginação conseguindo o melhor de mim. A mãe-de-meu-filho é outra pequena pista dizendo que eu não tenho idéia o que isso implica. Eu não posso decidir se é sobre Chris, eu ou nós dois. Eu descanso os cotovelos sobre a mesa, descansando minha cabeça em minhas mãos. Aqui vamos nós outra vez. Rollercoaster (Montanha- Russa)! Meus sentimentos confusos apenas destacando o quanto eu ainda me importo com ele. Eu preciso formular uma resposta, algo para aliviar o clima, mas manter o decoro.

De: Anastasia Steele
Assunto: A suíte
Data: 15 de outubro de 2016 19:41
Para: Christian Grey

Christian

Obrigado por sua generosidade, o seu filho irá apreciá-lo quando ele acorda. Eu posso te encontrar a qualquer hora a partir das 10:00 horas de amanhã. Eu vou fazer o meu próprio caminho e não vou admitir qualquer interferência de você em relação a este assunto.

Espero que você aprecie o seu evento social.

Anastasia Steele

Eu apertei enviar me sentindo satisfeita com o tom da minha resposta. Meu subconsciente balança de acordo em um raro momento de cordialidade, mas a minha deusa interior tem uma carranca em seu rosto, não há dúvida de que ela queria que eu escrevesse uma declaração de amor. Eu ronco para ela, garota louca! Eu rola para baixo olhando para o e-mail que eu estava esperando encontrar quando eu abri pela primeira vez o programa.
Ah-ha! Yes! Eu vejo isso. Clico animadamente sobre o assunto.

De: Julie Logan
Assunto: Entrevista
Data: 15 de outubro de 2016 08:57
Para: Anastasia Steele

Sta Steele

Obrigado pela sua resposta. Estamos muito contentes que você esteja considerando a nossa oferta. Estou ansiosa para conhecê-loana segunda-feira dia 17 de outubro às 09:45 na sede da nossa empresa. Por favor, veja as instruções em anexo.

Atenciosamente,

Julie Logan
Comissionamento editor: Compre o livro Publishing Company
Miami
Flórida

Eu me remexo na cadeira – Sim!- eu digo e deixo o “s” chiado através dos meus dentes. Eu faço um pouco de dança da vitória ao redor do meu quarto, em seguida, paro abruptamente, corando ao ver que minha mãe esta na porta do quarto me olhando curiosa e divertida.
– Ah … hum … eu estou muito feliz que a reunião foi confirmada.- eu me sinto estúpida e um pouco envergonhada.
– Isso é tão bom querida! – ela é olha pra mim, compartilhando minha alegria. – Isso vai ser tão bom para você, muito para sua auto-estima.
Eu gemo interiormente, ela traz à tona o nosso tema mais debatido, isso me faz estremecer. Eu sempre quero varrer pra debaixo da cama quando ela surge. Auto-estima! Mas eu não posso ficar irritado, esta é uma boa notícia que eu acho que ouvi outro lerta de um novo e-mail. Mamãe me dá um olhar amoroso antes de sair novamente. Sento-me, sentindo a apreensão apertar o nó na minha barriga quando eu vejo um novo e-mail de Christian.

De: Christian Grey
Assunto: A sua suite
Data: 15 de outubro de 2016 20:07
Para: Anastasia Steele

Anastasia

Você é tão frustrante como nunca. De nada, é o mínimo que posso fazer. Eu vou te ver, às 10h00 em ponto. Eu vou encontrá-la no Bar no Nível 25.

Meu evento social ainda está em curso.

Christian Grey
CEO, cinza Empresas Holdings Inc.

Ok então! Se eu pensei que tinha recolhido algumas dicas sobre o que ele está pensando mas eu estava redondamente enganada. O mínimo que ele pode fazer? O que isso quer dizer? Um bar, às 10:00 da manhã? O consolo é que o seu evento social ainda está em curso e eu não acho que ele vai trocar e-mail com outra mulher se el estiver em m ambiente romântico.
O que você quer Ana? Meu subconscientes ousa a pergunta o que eu estou tentando tão difícilmente de contornar em minha mente.
O que eu faço se ele cair para um joelho e declarasse seu amor eterno a mim ou, se ele me disser que vamos ter que ser amigos por causa do Chris e que ele quer ser parte da vida de Chris. E se ele me disser que ele não quer ter nada a ver comigo, que eu destruí a nossa vida e que ele nunca mais quer colocar os olhos em mim novamente?
A explosão de dor a última opção me tomando de volta. Eu, obviamente, ainda o amo, muito. Posso me atrever a ter a esperança de que vamos voltar a ficar juntos? Eu quero promover a esperança com uma boa possibilidade de ser decepcionada de novo? Não, eu balancei minha cabeça – com veemência, é muito melhor manter as minhas expectativas tão baixas quanto possível. Meu coração não aguentaria mais de ruptura.
Eu fecho meu laptop , eu preciso de um banho. Eu tapo as torneiras e despejo sais de banho de cortesia, de alguma famosa grife, que eu não conheco. Cheira divinamente. Isso vai ser um grande prazer. Eu definitivamente vou precisar de uma taça de vinho para me preparar para “a conversa” com a minha mãe , eu vou até a cozinha em busca do liquido da coragem.
– Mãe, Christian quer me encontrar amanhã de manhã, para conversar um pouco mais. Pode, por favor cuidar de Chris para mim?  – meu tom é sombrio enquanto eu tento reproduzi-lo casual.
– Tudo o que você precisar Ana.- ela hesita por um momento, segurando meu olhar, – Será que ele não quer se encontrar com Chris? – sua pergunta é provisória, como a avó de Chris e minha mãe, sinto que, para ela, este seria o seu pior pecado, se ele decidisse não manter contato, agora que ele viu seu lindo filho.
– Eu não sei mãe, ainda temos muito o que discutir.- eu preciso me lembrar que ela não sabe que ele só descobriu sobre seu filho hoje. Ela balança a cabeça e olha para baixo sem ver a revista no colo, perdida em seus próprios pensamentos. Eu pego meu vinho e rumo ao banheiro.
O banho é glorioso, mas muito em breve, é hora de sair. Eu tenho que enfrentar a minha mãe e as conseqüências de minha estupidez impensada. Eu me seo com toalhas quentes, totalmente brancas antes que eu me envolva com o roupão do hotel Eu paro perto da cozinha e respiro fundo para uma recarga força antes de enfrentar a minha decisão precipitada.
Minha mãe ainda está no mesmo lugar no sofá e sorri encorajadora para mim quando eu me junto a ela. – Mmhh, estes sofás são confortáveis ​​…- eu tento enrolar com um pouco de conversa fiada, mas seu olhar é muito expectante para ignorar. Se ela soubesse ….
Ela vai saber em breve.
Melhor começar com algum fundo eu acho – para fornecê-la algum contexto. – Mãe lembra quando eu conheci Christian e eu estava relutante em começar um relacionamento com ele? Encontrei-o tão fechado, como se eu não pudesse lê-lo. – eu balanço meu olhar para ela, certo de que ela está me seguindo até o momento. – Tudo nele era intimidante e ele era tão incrivelmente lindo. As mulheres se jogando para ele onde fossemos. Ele era rico, generoso e eu não sabia como lidar com nada disso. -minha mãe está escutando atentamente, alheia sobre como eu vou começar a minha confissão escura.
– Eu era tão jovem e além do que eu só tinha lido sobre o romance, eu não sabia nada sobre ele na vida real. Vim de um lar desfeito – eu não quero que ela se sinta mal, mas é como as coisas eram – Minha visão do mundo sobre o amor foi gasto na melhor das hipóteses. – eu tomo um longo fôlego para dar aos meus pensamentos tempo para se organizar.
Os olhos de minha mãe são quentes, dispostos a me fazer continuar, apenas uma ligeira carranca marcando sua testa. – E você, mais do que a maioria, está ciente de minhas inseguranças e da minha baixa-estima – ela balança de acordo, preferindo permanecer em silêncio em apoio ao meu desabafo.
– E quando você conheceu Christian antes de nos casarmos, eu me lembro do que você me disse, que você observou um par de coisas. Você mencionou como ele era controlador, como era muito charmoso e persuasivo. – Dou-lhe um sorriso torto enquanto eu olho  sua relação morna. – Ele era muito difícil de resistir.
Novamente ela acena com a cabeça, ainda ignorante a bomba que estou prestes a dizer – Você sabe quantas mudanças que ele fez nele mesmo por mim, para me acomodar? Eu não senti que eu merecia, que eu era boa o suficiente. – meus olhos vidrados com a visão do passado, com os dedos brincando distraidamente com uma franja de uma almofada .
Seu rosto aprofunda com minhas palavras. – Oh mãe, eu estava completamente dominada por ele, às vezes até com medo dele. Eu fui arrastado pela mistura inebriante de primeiro romance e o amor. Tudo aconteceu tão rápido. – eu deixo cair os olhos – Eu nunca acreditei que nada disso – para mim. Era como se eu estivesse em um sonho incrível, mas eu esperava que ia acordar um dia e voltar à minha vida normal.
– Oh, querida, eu nunca soube. – ela atinge acaricia meu cabelo, empurrando-o para trás por cima do meu ombro.
O tipo, o gesto maternal é quase a minha ruína. Prendo a respiração por um instante, esperando que talvez ela fosse dizer mais algumas coisas em voz alta. Vamos mãe, eu estou ouvindo, mas ela está esperando pacientemente para que eu continue.
Eu suspiro, mais uma vez – Quando eu engravidei – minha voz fica baixa, a emoção me sufocando – Eu estava com muito medo de dizer Christian. Eu sabia que era muito cedo e eu sabia que ele temia ser um pai por causa de seu próprio passado. – eu estou sussurrando agora, talvez se eu disser isso suavemente ele não vai vir como um golpe

Vejo-a estremecer e eu rapidamente contino, antes que ela me interrompa -Por favor, lembre-se mãe que eu não era capaz de acreditar que eu merecia essa vida de princesa com ele, esse conto de fadas – minha voz assumiu um tom de choramingo,todo o meu ser já pedindo-lhe para entender.
Faça isso! A harpia sussurra para mim com os dentes cerrados.
Merda! Eu jogo de volta para ela.
– Eu nunca disse a ele – eu simplesmente termino, incapaz de encontrar seus olhos como as andorinhas da vergonha me tomando.
Eu ouço sua ingestão aguda da respiração – Você nunca disse a Christian que estava esperando um filho dele?- o tom  incrédulo é inconfundível. – Mas você me disse – você disse que ele o expulsou por causa do bebê, que ele não queria nada com você.- ela ainda está se segurando a esperança de que ela me entendeu mal.
Só posso sacudir a cabeça, e confirmar o pior. O que posso dizer? Nada! Nem uma palavra pode corrigir isso. Eu continuo a me ocupar com meus dedos em meu colo.
– Ana – sua voz é nítida e com raiva. – Eu vi vocês dois juntos, eu nunca vi um homem mais apaixonado, obcecado mesmo! Como você pode não tê-lo visto? Eu sei que ele te dizia que te amava – o tempo todo. Eu sei que as formas que ele lhe mostrou! Inferno Ana, os votos de casamento que ele escreveu para você era apenas …. Eles deixaram-me sem palavras! – ela está em pé, olhando para mim de forma envergonhada, gesticulando como uma mulher selvagem.
– Por que você fez isso, por que você mentiu para mim? Talvez eu possa entender por que você mentiu para ele – se você estivesse realmente com medo dele – mas por que mentir para mim e pro Ray e céus! Pro pobre Jose?  – ela joga as mãos para cima no ar, enquanto suas palavras fumegantes apressar para mim.
Ela respira só para relançar seu ataque – Como você poderia ter ficado com medo dele de qualquer maneira, ele adorava você  Ana, até eu sei que ele nunca iria machucá-la! O que você estava pensando?
Minha garganta se sente como uma lixa e minha respiração é curta. Eu honestamente não sei o que dizer. Eu olho para ela, para mostrar-lhe o arrependimento nos meus olhos, mas algo mais registra em seu rosto pela primeira vez e eu sei que ela agarrou o pior de tudo. – Você manteve um pai longe de seu filho! – ela cospe as palavras com desdém, quase grunhindo enquanto ela aponta um dedo acusador para mim. Sua normalmente sorridente boca , agora é uma feia carranca.
Porra, porra, porra, porra! Eu começo a entrar em pânico. Eu não posso nem me defender, eu sei o que eu fiz foi imperdoável. – O que eu fiz …. foi horrível e imperdoável – eu consigo ranger. Um frio se instalou em cima de mim, me queima por dentro.
– Oh Ana! – ela afunda de volta no sofá, aparentemente exausta e chorosa como os cobertores enormes ao seu redor. – Por que você mentiu para nós? -seus olhos vermelhos estão implorando por uma resposta.
– Christian teria me encontrado e me feito mudar de ideia. Você lhe teria dado qualquer informação sobre mim, ele e sua equipe de segurança teriam me encontrado e eu acreditava que estava fazendo a coisa certa. Eu não podia deixar isso acontecer. Se eu lhe dissesse a verdade, você teria me dito para falar com ele, para trabalhar com isso, dar-lhe um tempo. – em retrospecto aquelas palavras soa como um bom conselho, mas agora é tarde demais.
Estou ansioso para lhe dar um vislumbre do que eu estava pensando, eu sei que não posso esperar simpatia, mas seria tão bom se alguém entendesse o que eu estava passando. – Senti que não poderia investir mais longe em algo que iria explodir na minha cara e me deixar tão quebrado como ele era quando eu o conheci.-
Por favor, por favor, entenda mãe, peço na minha cabeça. – Eu senti que obrigaria a ser algo que ele não era e que ele viria a ressentir-me por isso.-  Um soluço fraturado me escapa, finalmente liberando o segredo horrível, mas também consciente de que estou pisando perto de informação que eu não poderia divulgar. Há ainda muito sobre Christian que ela não sabe e que explicaria muita coisa, se eu pudesse compartilhar com ela.
– Oh, você é estúpida, menina imprudente!- seus instintos maternais assumindos enquanto ela vê a minha desolação e ela se aproxima para me confortar. Sinto-me imensamente grata quando eu sinto seu coração amolecimento. Ela me toma em seus braços e nos sentamos lá abraçando enquanto nós choramos juntos.
Uma vez que já se nos acalmamos, ela levanta a cabeça com as duas mãos e ela olha no fundo dos meus olhos inchados. Com os polegares, ela enxuga a umidade das minhas bochechas. – Você realmente acabou com tudo Ana, você precisa fazer isso direito. – choques passam por mim. Eu não acho que eu já  a vi assim. Ela é tão séria, queimando com a intensidade de sua declaração.
– Eu sei. -eu não sei como, mas eu sei que eu preciso fazer algo.
Ela solta uma longa e trêmula respiração chorando -Eu vou para a cama agora, descansar um pouco e vamos pensar em alguma coisa na parte da manhã.- ela acaricia minhas costas e vai para o quarto dela. A curva de seus ombros parece suportar o peso do meu segredo recém-exposto.
Santo inferno! Eu expiro, uma respiração trepidada estendida. Eu não sei quanto mais essa tortura emocional pode me manipular. Meus nervos estão ralados e irregulares – além da exaustão. Acho que eu deveria tentar dormir um pouco, mas eu duvido que a minha vibração mental hiperativa e o grande nó no estômago vão permitir-me o luxo.

 

Please, feel free to leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s